4 de mai de 2012

Louvor na Nigéria


A Nigéria é o país mais populoso da África e o oitavo país mais populoso do mundo; com uma população de mais de 148 milhões de habitantes, o país contém a maior população 'negra' no mundo.

Estarei mostrando o estado de Lagos que é uma divisão administrativa da Nigéria, localizada na parte ao sudoeste do país, criado em 27 de maio de 1967. Sua capital é a cidade de Ikeja. É o menor dos estados da Nigéria, Lagos é o segundo estado mais populoso depois de Kano, e indiscutivelmente o estado economicamente mais importante do país, Lagos contém, a maior área urbana nacional. 

Lagos (em iorubá: Èkó) é uma cidade localizada no sudoeste da Nigéria, na costa do Atlântico, no Golfo da Guiné. É a maior cidade do país e a segunda maior cidade africana. 
Lagos foi um assentamento iorubá do subgrupo Awori, inicialmente chamado de Oko. O nome Lagos deriva de uma divindade yoruba. Os yorubas ainda usam o nome de Èkó quando se referem a 'Lagos', um nome que nunca existiu na língua iorubá. É provável que o nome 'Lagos' foi dado à cidade pelos primeiros colonos portugueses que partiram de uma cidade costeira de mesmo nome em Portugal.




Louvor no Tabernáculo em Lagos - Nigéria




Notícia 
No final de abril de 2012, em várias cidades do norte do país africano, habitado em maior parte por muçulmanos, aconteceram atentados terroristas que provocaram mais de 30 mortes entre a população cristã e dezenas de feridos. A violência não cessa na Nigéria, depois das eleições presidenciais vencidas em maio de 2011 pelo cristão Goodluck Jonathan. A maioria dos atentados está relacionada ao grupo islâmico Boko Haram, que luta para impor a lei islâmica em todo o território nigeriano e a erradicação do modelo laico da educação. 
A maioria do país são muçulmana no norte e cristã no sul.

Lembre-se deles em suas orações


Confira também :  




Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Lagos_(Nig%C3%A9ria)
http://www.diariodarussia.com.br/internacional/noticias/2012/05/03/russia-condena-ataque-contra-cristaos-na-nigeria/

Nenhum comentário:

Postar um comentário